Profissionais: 7103
Prontuários: 496263

Portal Saúde Direta - Busca Palavra

BUSCA POR PALAVRA

POSTAGENS ANTERIORES

TAGS CLOUD

Protocolos Algoritmos Diretrizes Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Urticárias

Roberta F. J. Criado, Juliano C. Philippi, Roberta S. Franco , João F. de Mello.
Rev. bras. alerg. imunopatol. – Vol. 28, Nº 6, 2005
Número: 118 / Publicado em 11/11/2014 - 09:10

Apesar da existência de vários estudos envolvendo a urticária a doença permanece como um desafio ao médico.

Abrir arquivo em PDF

IV Diretriz Brasileira sobre Dislipidemias e Prevenção de Aterosclerose.

Departamento de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia.
Sociedade Brasileira de Cardiologia - 2007
Número: 117 / Publicado em 28/06/2011 - 14:48

Aterosclerose é um termo geral que designa várias doenças nas quais se verifica espessamento e perda de elasticidade da parede arterial.

Abrir arquivo em PDF

IV Diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia sobre Tratamento do Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) com Supradesnível do Segmento ST.

Piegas LS, Feitosa G, Mattos LA, Nicolau JC, Rossi Neto JM, e cols.
Arq. Bras Cardiol 2009.
Número: 116 / Publicado em 28/06/2011 - 14:49

O infarto agudo do miocárdio (IAM), conhecido popularmente como infarto do coração, enfarte ou ataque cardíaco, é uma doença que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Muitas delas morrem ou têm problemas cardiológicos permanentes por não buscarem socorro médico de forma rápida. Atualmente existem excelentes tratamentos para o infarto agudo do miocárdio, que podem salvar vidas e prevenir incapacidades físicas. No entanto, o tratamento é mais efetivo quando iniciado dentro da primeira hora de início dos sintomas. Por isto, é tão importante reconhecer um episódio de infarto.

Abrir arquivo em PDF

Diretrizes Brasileiras de Fibrilação Atrial (FA).

Zimerman LI, Fenelon G, Martinelli Filho M, Grupi C, Atié J, Lorga Filho A, e cols.
Arq Bras Cardiol 2009;92(6 supl.1):1-39
Número: 115 / Publicado em 28/06/2011 - 14:50

A Fibrilação Atrial (FA) é uma arritmia supraventricular em que ocorre uma completa desorganização na atividade elétrica atrial, fazendo com que os átrios percam sua capacidade de contração, não gerando sístole atrial.

Abrir arquivo em PDF

Diretrizes da Sociedade Brasileira de Cardiologia sobre Angina Instável e Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) sem Supradesnível do Segmento ST.

Grupo de Estudos em Coronariopatias, Emergências e Terapia Intensiva
Sociedade Brasileira de Cardiologia - II Edição, 2007
Número: 114 / Publicado em 28/06/2011 - 14:49

O infarto agudo do miocárdio (IAM), conhecido popularmente como infarto do coração, enfarte ou ataque cardíaco, é uma doença que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Muitas delas morrem ou têm problemas cardiológicos permanentes por não buscarem socorro médico de forma rápida. Atualmente existem excelentes tratamentos para o infarto agudo do miocárdio, que podem salvar vidas e prevenir incapacidades físicas. No entanto, o tratamento é mais efetivo quando iniciado dentro da primeira hora de início dos sintomas. Por isto, é tão importante reconhecer um episódio de infarto.

Abrir arquivo em PDF

V Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial (HAS).

Sociedade Brasileira de Cardiologia, Sociedade Brasileira de Hipertensão, Sociedade Brasileira de Nefrologia.
Sociedade Brasileira de Cardiologia - 2006
Número: 113 / Publicado em 28/06/2011 - 14:44

Os componentes da síndrome hipertensiva são muitas vezes fatores de risco cardiovascular independentes. Ao tratar a hipertensão devemos ter em mente os fatores de risco associados e o impacto do tratamento nestes fatores. Assim, apesar de um controle satisfatório da pressão arterial, outros fatores de risco potencialmente maiores podem se sobrepor, não melhorando a situação clínica do paciente, fazendo com que o tratamento atual da hipertensão arterial sistêmica não possa se resumir simplesmente à redução dos níveis pressóricos, mas do risco cardiovascular global.

Abrir arquivo em PDF

Diretrizes Brasileiras para o Diagnóstico, Tratamento e Prevenção da Febre Reumática (FR) e a Cardiopatia Reumática Crônica (CRC).

Sociedade Brasileira de Cardiologia, Sociedade Brasileira de Pediatria e Sociedade Brasileira de Reumatologia
Sociedade Brasileira de Cardiologia - 2009.
Número: 112 / Publicado em 28/06/2011 - 14:45

A Febre Reumática (FR) e a Cardiopatia Reumática Crônica (CRC) são complicações não supurativas da faringoamigdalite causada pelo estreptococo beta-hemolítico do grupo A (EBGA) e decorrem de resposta imune tardia a esta infecção, em populações geneticamente predispostas.

Abrir arquivo em PDF

III Diretriz Brasileira de Insuficiência Cardíaca Crônica (ICC).

Bocchi EA, Marcondes-Braga FG, Ayub-Ferreira SM, Rohde LE, Oliveira WA, Almeida DR, e cols
Arq Bras Cardiol 2009; 93 (1 supl.1): 1-71
Número: 111 / Publicado em 28/06/2011 - 14:46

A insuficiência cardíaca (IC) é a via final comum da maioria das doenças que acometem o coração, sendo um problema epidêmico em progressão.

Abrir arquivo em PDF

Protocolo para Tratamento da Cefaléia Aguda em Unidades de Emergência.

Marcelo E. Bigal; Carlos A. Bordini et José G. Speciali.
Medicina, Ribeirão Preto,32: 486-491 out./dez. 1999.
Número: 108 / Publicado em 28/06/2011 - 14:47

Cefaléia é dos sintomas mais comuns na prática clínica, responsável por cerca de 9% dos atendimentos em unidades primárias de saúde e por 1% a 3% dos atendimentos em unidades de emergência, acarretando, portanto, considerável impacto econômico sobre o serviço público de saúde.

Abrir arquivo em PDF

Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para o Tratamento da Hepatite Viral Crônica B e Coinfecções

Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais - Programa Nacional para a Prevenção e o Controle das Hepatites Virais.
Ministério da Saúde - 2009
Número: 107 / Publicado em 18/09/2010 - 22:20

Esta publicação apresenta o novo Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para o Tratamento da Hepatite Viral Crônica B e Coinfecções e, também, como anexo, o Protocolo Clínico e as Diretrizes Terapêuticas para o Tratamento da Hepatite Viral Crônica C.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
02/08/2020