Profissionais: 7086
Prontuários: 487220

Portal Saúde Direta - Busca Palavra

BUSCA POR PALAVRA

POSTAGENS ANTERIORES

TAGS CLOUD

Protocolos Algoritmos Diretrizes Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Algoritmo Clínico para Entorse Recente do Joelho

João Beckert, Marcos Miranda, Virgílio Severino
Boletim Informativo nº 22 da Sociedade Portuguesa de Medicina Desportiva
Número: 1984 / Publicado em 19/03/2012 - 22:43

Este algoritmo simplificado pretende estimular a discussão sobre a actuação dos médicos de Medicina Desportiva, na abordagem de um entorse recente do joelho em atletas com mais de 15 anos e com limitação funcional.

Abrir arquivo em PDF

Investigação e Manejo da Perda de Peso Não Intencional em Idosos

Jenna McMinn, Claire Steel, Adam Bowman.
BMJ - British Medical Journal - Brasil
Número: 1983 / Publicado em 11/03/2012 - 18:09

A perda de peso pode ser a principal queixa ou um achado acidental durante uma consulta por outros motivos. Não há diretrizes publicadas sobre como investigar e manejar pacientes com perda de peso não intencional, e as respostas variam de não tomar nenhuma atitude (se for considerada uma parte normal do processo de envelhecimento) a realizar uma extensa investigação, devido ao medo de que represente um câncer subjacente. Estudos observacionais demonstraram que, em até 25% dos casos, nenhuma causa é encontrada apesar de ampla investigação. Não está claro até que ponto os médicos devem investigar idosos com perda de peso não intencional na ausência de uma causa médica óbvia.

Abrir arquivo em PDF

Manejo da Constipação Induzida por Opiáceos

Ana Claudia Arantes
Diretrizes Assistenciais - Hospital Israelita Albert Einstein - HIAE
Número: 1982 / Publicado em 09/03/2012 - 21:09

Define-se como constipação a evacuação considerada desconfortável pelo paciente com necessidade de esforço, sendo caracterizada pelo intervalo aumentado entre as evacuações e/ou a presença de fezes endurecidas.

Abrir arquivo em PDF

Sedação Paliativa

Ana Claudia Arantes e Theodora Karnakis
Diretrizes Assistenciais - Hospital Israelita Albert Einstein - HIAE
Número: 1981 / Publicado em 09/03/2012 - 21:07

Define-se como sedação paliativa a redução intencional do nível de consciência, contínua ou intermitente com o objetivo de controlar sintomas causadores de grave desconforto refratários ao tratamento convencional, presentes na evolução de doenças incuráveis e progressivas em fase terminal.

Abrir arquivo em PDF

Avaliação e Monitorização do Paciente em Cuidados Paliativos

Versão eletrônica atualizada em mar/2012
Diretrizes Assistenciais - Hospital Israelita Albert Einstein - HIAE
Número: 1980 / Publicado em 09/03/2012 - 21:04

Os cuidados paliativos definem-se como uma resposta ativa aos problemas decorrentes da doença prolongada ou aguda, incurável e progressiva, na tentativa de prevenir o sofrimento que ela gera e de proporcionar a máxima qualidade de vida possível a estes doentes e suas famílias. São cuidados de saúde ativos, rigorosos, que combinam ciência e humanismo.

Abrir arquivo em PDF

Ventilação Não Invasiva

CTIP HIAE – Manual de Condutas (versão 2011)
Diretrizes Assistenciais - Hospital Israelita Albert Einstein - HIAE
Número: 1979 / Publicado em 09/03/2012 - 21:01

Protocolo adotado pelo HIAE.

Abrir arquivo em PDF

Posição Prona

Luciana B. Haddad, Flávia Panico
Diretrizes Assistenciais - Hospital Israelita Albert Einstein - HIAE
Número: 1978 / Publicado em 09/03/2012 - 20:59

Protocolo adotado pelo HIAE.

Abrir arquivo em PDF

Ventilação de Alta Frequência Oscilatória (VAFO)

Luciana B. Haddad, Flávia Panico
Diretrizes Assistenciais - Hospital Israelita Albert Einstein - HIAE
Número: 1977 / Publicado em 09/03/2012 - 20:58

Protocolo adotado pelo HIAE.

Abrir arquivo em PDF

Soluções de Manutenção em Pacientes Críticos

Olberes V. B. Andrade, Audrey R. O. Shibata
Diretrizes Assistenciais - Hospital Israelita Albert Einstein - HIAE
Número: 1976 / Publicado em 09/03/2012 - 20:56

Observar a redução progressiva do volume parenteral. Adequar a oferta de glicose, potássio e outros eletrólitos. Observar o balanço hídrico, perdas sensíveis e insensíveis, hidratação seriada, variação de peso, etc. Priorizar a oferta hídrica e enteral, sempre que possível.

Abrir arquivo em PDF

Anestesia Venosa Total em Otorrinolaringologia

Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 1975 / Publicado em 09/03/2012 - 20:29

A anestesia venosa total (AVT) é uma técnica de anestesia geral que utiliza fármacos administrados unicamente por via endovenosa. Ela se distingue da anestesia inalatória e/ou balanceada (AI) pela ausência total de qualquer agente inalatório, inclusive de óxido nitroso. A popularização da AVT vem ocorrendo, em parte, em decorrência do desenvolvimento de fármacos modernos com propriedades farmacocinéticas e farmacodinâmicas, que permitem sua utilização em infusão contínua. Além disso, novos conceitos de modelos farmacocinéticos compartimentais e o desenvolvimento de sistemas computadorizados para administração das drogas facilitaram o controle infusional desses anestésicos.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
17/06/2020
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter